Rumo às eleições

No atormentado cenário político que se instaurou no Brasil nos últimos anos, assistimos a chegada de um dos períodos mais incertos na frágil democracia de nosso país.

 Na onda do descrédito geral dos partidos políticos, que se tornaram verdadeiras maquinas de autossustentação e de trabalho permanente para poucos, assistimos o aparelhamento e a resistência à renovação, à criatividade e a pessoas mais relevantes nas questões nacionais e internacionais.

Assistimos, com enorme espanto, o aparecimento de discursos, escrachadamente antidemocráticos, pautados no combate a violência com mais violência. Estamos vendo ainda, a manifestação e a revelação de candidatos que já não se sentem intimidados em proferir palavras endógenas, racistas e preconceituosas, tudo isso, amparado no acordo de uma parcela considerável da sociedade.

Assistimos, por último, candidatos alcançarem a liderança nas pesquisas, sem que tenhamos a menor ideia de qual seja os seus planos de governo, pois conhecemos, tão somente, suas ideias extemporâneas e que pensávamos já superadas no mundo atual.

Essa eleição está revelando muitas coisas que acreditávamos não mais existir no mundo moderno, mas talvez esteva revelando algo também sobre nós mesmos.

 
Lindomar Rocha Mota
Diretor da FAC

 

Últimas Publicações

Developed in conjunction with Ext-Joom.com